Silvana Correia

2021 - Ano “rápido” e de relevações

Por Silvana Correia em Janeiro de 2021

903 visualizações

Tendo por base a teoria do caos, lei do universo presente em tudo, uma pequena mudança no início de um evento, pode causar consequências enormes e imprevisíveis no futuro. Integrada nesta teoria, temos o “ efeito borboleta”, premissa apresentada pelo matemático e filosófico  Edward Lorenz,  onde metaforicamente o mesmo afirma que: “O simples bater de asas de uma borboleta no Brasil pode ocasionar um tornado no Texas”. A “pandemia”, simbolicamente, representa o bater de asas de uma borboleta, e estará plasmada no cenário de fundo para eventos que irão ocorrer em 2021. Eventos imprevisíveis, rápidos e surpreendentes. Na verdade, a “pandemia”, funcionará como uma peça de dominó que cai e que toca em outras peças.

 Aquando um jogo, julgámos que estamos a ver todas as peças, julgamos que temos poder de decisão sobre a posição das mesmas, que as mesmas são confiáveis à luz do que nos é apresentado, são estáveis e intocáveis, contudo, quando estamos perante um jogo, no qual eu não sou o único jogador, a realidade pode não ser aquela que eu julgo ser a verdade. Este toque, levará a quedas de papeis e de atores em distintas áreas – economia, política, religião – mudança do jogo, início de um Novo Livro, não de uma nova página do livro, mas sim, um Novo Livro da história da humanidade. 2021 será um ano mais visível, para as massas, dessa materialização da nova energia  - energia de luz,  que está a permear totalmente a nossa galáxia desde 2012 – início da Era de Ouro, Nova Era, Era Iluminada. Como humanidade, não estamos perante a possibilidade da escolha de continuar no mesmo cenário, no mesmo palco. A única possibilidade de escolha é Evolução - são leis da física, é energia. 

Tudo que acontece no micro cosmos - nós humanos, ocorre inicialmente no macro cosmos, somos o reflexo. A 21 de Dezembro de 2020, com a Grande Mutação – Saturno e Júpiter em Aquário, iniciamos um ciclo de 200 anos pelo elemento Ar (aquário, balança, gémeos), entramos na Era da valorização do Ser – individualidade, consciência coletiva, fraternidade, poder pessoal e espiritual, fraternidade. Saturno e Júpiter são planetas sociais e marcam sempre grandes mudanças – sociais, políticas, económicas, espirituais. A energia da terra é pesada, de propriedade, densa, previsível, de estruturas, pragmática, cautelosa e mais visível. A Energia do elemento Ar, particularmente Aquário, é uma energia mental elevada, rápida, instável e imprevisível. A Nova Era de Aquário, conduz-nos para uma nova linha de tempo, um impulso para largarmos um aparente conforto que nos é proporcionado pela Terra,  para o novo e imprevisível – novo mundo.   

Ao longo de 2021,  teremos um jogo de forças originado pela energia de Saturno em Aquário (21 de dezembro de 2020 a março de 2023) - em quadratura com Urano em Touro (maio de 2018 a abril de 2026). As quadraturas exatas, ângulos desafiadores, porém impulsionadores para transformações no colectivo, ocorrerão a: 17 de Fevereiro, 14 de Junho e  a 24 de Dezembro de 2021. Para clarificar o que iremos observar no plano da terra ao longo de 2021  e para a frente no tempo, é pertinente apresentar o que arquetipicamente estes dois planetas representam na astrologia. Saturno, por muito tempo, representou o limite do Universo. Ele era o planeta mais distante visível a olho nu a partir da terra, portanto, o mais lento. Simbolicamente ele anuncia os nossos limites, o Karma que deve ser trabalhado para evoluirmos, para sairmos do conforto dos limites. Ele representa o status quo, o controlo, as estruturas, ordem, obediência, conservadorismo, segurança, tempo linear, lógica, lentidão, metódico, cauteloso, tangível, material, centralização de poder, estabilidade, velho; Urano, arquetipicamente representa não limites, liberdade, futuro novo, revolução, corte, radical, o não tempo linear, rápido, ligado à mente cósmica, à inspiração divina, quebra da ordem, descentralização, comunidades locais, anti convencional, instabilidade, impulsivo, novo, ligado à liberdade a partir da nossa unicidade. Ele é o revolucionário. Touro representa a segurança, o lado material, o dinheiro, sistemas financeiros, aquilo a que damos valor, representa a terra, a natureza, a ligação com o palpável, o nosso corpo, saúde, beleza, arte. Aquário representa a minha liberdade e unicidade no seio do colectivo, simboliza redes, tecnologia, inovações  incríveis, cooperação, solidariedade social, visão cósmica, fora dos limites da terra. Aquário é um voltar para o povo, para a liberdade individual, porém, com uma consciência coletiva – há uma descentralização.  Importa referir, que forcar-me-ei apenas na quadratura de Saturno e Urano, contudo, há muitos outros eventos astrológicos, que há muito nos impulsionam para gigantes e inimagináveis transformações.

Saturno em Aquário, na “velha” energia, representa controlo, um limitar, pela força, pela autoridade déspota, dessa mesma liberdade. São as estruturas de poder fechadas, centralizadas e ainda regidas por velhos paradigmas na forma como vêm a ordem, a organização e as estruturas sociais. O controlo e a manipulação das massas, pelos meios digitais, estará muito mais  presente, activa e com novos meios.  A guerra cibernética será mais clara, forte e mais agressiva nos seus objectivos e meios. No entanto, numa visão “desperta”, ligada à  nova energia, no qual a nossa galáxia está submersa, Saturno em Aquário - energia rápida e imprevisível, impulsiona a queda do pano, e, assim sendo, teremos muitas revelações impensáveis, ligadas a estruturas e a pessoas, a serem expostas.  É uma desconstrução do velho, dos velhos paradigmas ligadas a lobbies que serviam os interesses apenas de alguns. Veremos a luta do colectivo – Aquário, pela liberdade, pela construção de novas estruturas transparentes, onde  a voz do colectivo é efetivamente ouvida. 

Urano em Touro, conduz a uma revolução ou mesmo colapso do sistema financeiro. O seguro, confortável, o imutável – a terra. Conduz a um  colapso ou a uma transformação para valores de ética e transparência, de todas as organizações que promovem, por exemplo, os alimentos  transgênicos, promovendo a não saúde.  Conduz-nos, não apenas a refletir, mas a termos uma acção efectiva no sentido de vermos plasmados na sociedade, os reais valores que devem ser nutridos para uma sociedade saudável e transparente. É um despertar, é um cair do véu do que está escondido. 

Estamos perante polaridades, um choque entre o velho e o novo. A quadratura de Urano em Touro com Saturno em Aquário ao longo de 2021, levar-nos-á a contestações pela nossa liberdade, a quedas de véus que escondem jogos e esquemas que definem políticas do nosso sistema financeiro, do nosso sistema político, das organizações mundiais e como elas operam. Se falarmos de uma guerra, entre Urano e Saturno, Urano ganha. Urano está mais longe do planeta terra, é um planeta transpessoal, impulsiona a humanidade para outro patamar evolutivo, para uma nova linha de tempo. No entanto, há um jogo de forças – luz e sombra que causará muita confusão, falta de clareza e ilusão. 2021 essa ilusão ficará mais fina, e, para muitos, o véu da ilusão cairá totalmente – ano de revelações. Contudo, muitos continuarão adormecidos. 

Apesar de todos os confrontos e notícias que poderão chocar, há uma Nova Terra a nascer, iremos observar um despertar gradual do povo, do colectivo, das pessoas para uma nova forma de olhar e sentir a Mãe Terra,  para uma nova forma de vermos a saúde – mais holística, mais consciente –  novos valores. Veremos cada vez mais pessoas que escolhem não lutar contra o sistema, as estruturas, mas sim criar um novo sistema, criar novas estruturas alinhadas a uma visão de respeito pela sua unicidade, sua essência, contudo, com uma consciência do colectivo – Era de Aquário, Nova Era. Urano representa a mente cósmica, intuição, em Touro, teremos inovações tecnológicas para novas energias alternativas, para a saúde, para a comunicação, entre outras áreas. Um sistema financeiro que será cada vez mais apenas em digital, as moedas digitais irão crescer muito. Será um início, mais visível, para gigantes invenções tecnológicas que nos ajudará a ter soluções para problemas que considerávamos irresolúveis em diversas áreas. Devemos esperar o inesperado, estamos a fluir para uma nova linha de tempo, para um novo patamar de consciência, de evolução. 

A Era de Aquário é luz -  revela, acorda. Onde há luz, há visão do que está escondido. Não há fuga.  2021 será um acelerar dessa  transformação -  a sombra começa a ser revelada. Importa salientar novamente,  que são leis da física que nos impulsiona a uma expansão, a uma evolução da nossa consciência – como humanidade e individualmente, comos seres espirituais que somos. 

Importa referir que não há bons e maus planetas ou signos, há energia. Neste âmbito, Saturno, na mitologia, foi o Rei da Era de Ouro, porém, ele simboliza a sombra, ele representa o Karma, os testes, é um mestre que cria resistência no caminho para a Era de Ouro. “Avalia” como o indivíduo e a sociedade estão na sua evolução. Saturno é o pai que entra no quarto e diz: “parou de brincar, é hora de arrumar e fazer os deveres de casa para que consigas aprender e passar de ano”. A energia de Saturno, impulsiona o indivíduo, a sociedade,  para uma certa urgência de reflexão, materialização e compromisso para a construção de novas estruturas.– estruturas alinhadas com a sabedoria e com a mestria desta energia. Em Aquário e em quadratura com Urano, representa a queda acelerada de velhas estruturas e a criação de novas. Confiar e esperar o inesperado. Seremos inspirados para literalmente criarmos um Novo Mundo.  

Silvana Correia


ARTIGO SUGERIDO

Crónica - Pequeno Absurdo Quotidiano

Crónica - Pequeno Absurdo Quotidiano

Rosa Silva
Por Rosa Silva em Setembro de 2020
Tema Desenvolvimento Pessoal
590 visualizações

Sob(re) o Coronavírus

Metas ambientais para as próximas décadas atingidas em semanas. Sem esquemas de negociações por ilustres desconhecidos e com pastas de ...
Ler mais

OUTRAS LEITURAS

O Livro Sagrado de Takumah

Por Carlos Carvalho
119 visualizações

"Todo este trabalho é direcionado à Humanidade do Planeta Terra.

Este livro compõe-se do instante existente nos meus diários ...
Ler mais